Cirurgia Robótica

     

        

        

 

 

Pioneira em Cirurgia Robótica no Centro-Oeste

Com a chegada do robô da Vinci em Brasília, a equipe Andros realizou com sucesso de forma pioneira, três dos quatro primeiros casos de prostatectomia radical laparoscópica robótica. Todos os pacientes realizaram uma cirurgia com preservação completa dos feixes vasículo-nervosos da próstata, o que aumenta as chances de preservação da potência sexual e continência urinária. A técnica, que é minimamente invasiva, é segura inclusive para pacientes cardiopatas, que muitas vezes teriam sua cirurgia contra-indicada, pelo elevado risco cirúrgico, caso não tivéssemos a cirurgia robótica como opção terapêutica. O tempo médio de intenção hospitalar foi de 24 horas e os procedimentos transcorreram sem intercorrências e sem necessidade de transfusão sanguínea.

 

Vantagens da Cirurgia Robótica

Existem diferentes tipos de vantagens, dependendo do tipo de cirurgia. Por exemplo, no caso de uma prostatectomia robótica, podemos falar de dor pós-operatória consideravelmente reduzida e recuperação rápida. Estudos indicam que este tipo de cirurgia pode oferecer melhor controle do câncer e diminui o risco de incontinência urinária e impotência.

 

 

Cirurgia Robótica na Urologia

A cirurgia robótica é uma forma avançada de cirurgias minimamente invasivas ou laparoscópica (pequena incisão), em que os cirurgiões usam um robô controlado por computador para auxiliá-los em certos procedimentos cirúrgicos. As “mãos” do robô têm um alto grau de destreza, permitindo aos cirurgiões a capacidade de operar em espaços muito apertados no corpo que, de outra forma, só seriam acessíveis através de uma cirurgia aberta (incisão longa).

 

Prostatectomia Robótica

A prostatectomia robótica, ou a remoção cirúrgica da próstata, é uma excelente opção se você e seu médico decidirem tratar o câncer de próstata com remoção. Estima-se que mais de 60% de todas as prostatectomias realizadas nos Estados Unidos sejam realizadas com a ajuda de um robô cirúrgico.

 

 

Nefrectomia Radical - Parcial

A cirurgia de rim robótica permite uma visão tridimensional do campo operatório e permite uma maior amplitude de movimento dos instrumentos cirúrgicos, facilitando a realização das complexas manobras cirúrgicas necessárias nesse procedimento e não requer cortes musculares ou ósseos, resultando em menos cicatrizes e traumas no paciente e um tempo de recuperação mais rápido.

 

 

A Andros realizou três dos quatro primeiros casos de vasectomia radical assistida com o robô em Brasilia.

 

Com a chegada do robô da Vinci em Brasília, a equipe Andros realizou com sucesso de forma pioneira, três dos quatro primeiros casos de prostatectomia radical laparoscópica robótica. Todos os pacientes realizaram uma cirurgia com preservação completa dos feixes vasículo-nervosos da próstata, o que aumenta as chances de preservação da potência sexual e continência urinária. A técnica, que é minimamente invasiva, é segura inclusive para pacientes cardiopatas, que muitas vezes teriam sua cirurgia contra-indicada, pelo elevado risco cirúrgico, caso não tivéssemos a cirurgia robótica como opção terapêutica. O tempo médio de intenção hospitalar foi de 24 horas e os procedimentos transcorreram sem intercorrências e sem necessidade de transfusão sanguínea.