Hiperplasia Prostática Benigna-HPB

A próstata é o órgão responsável pela qualidade do sêmen e tem uma enorme importância para a fertilidade masculina, mas doenças que ocorrem na próstata geralmente não têm qualquer relação com impotência sexual, disfunção erétil ou algum outro tipo de problema relacionado à ereção.

O crescimento da próstata (hiperplasia) não necessariamente significa que existe algum problema no órgão, pode ser somente em decorrência do envelhecimento do corpo masculino. Outras características devem ser observadas através da consulta médica, que deve ser feita todo ano com o médico urologista a fim de se evitar, por exemplo, a insuficiência renal ou as infecções urinárias. 

A hiperplasia prostática é um aumento benigno da próstata (não pode ser confundido com o câncer de próstata) e é uma condição bastante comum: 1 a cada 4 homens com idade entre 40 e 50 anos e 8 a cada 10 homens, na faixa dos 70 a 80 anos de idade. 

O problema do crescimento exagerado do órgão é que pode dificultar ou impedir o funcionamento correto da uretra, represando a urina e possibilitando o aparecimento de cálculos renais. 

Causas

Algumas causas geralmente atribuídas à hiperplasia são:

  • A idade do paciente

  • Sedentarismo e má alimentação

  • Alterações genéticas

  • Alterações hormonais (principalmente deficiência da testosterona)

  • Combinação com outras doenças como obesidade, diabetes, doenças cardíacas e circulatórias

  • Histórico familiar da doença

 

Sintomas 

  • Dores ao urinar ou ao encher a bexiga

  • Urina com cor ou cheiro incomum

  • Infecções urinárias

  • Sensação de bexiga cheia mesmo após urinar

  • Gotejamento de urina que e quando pode ser notada pela presença nas roupas íntimas que ficam úmidas ou manchadas

  • Presença de sangue na urina

  • Fluxo de urina fraco ou em gotas

  • Necessidade de levantar para urinar à noite várias vezes

  • Dificuldade para iniciar a micção

  • Sensação de urgência para urinar

 

Diagnóstico 

Toda dificuldade sentida ao urinar deve ser motivo para que homens e mulheres marcarem uma consulta com o médico urologista para obter o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado.

 

Exames para a confirmação da hiperplasia benigna da próstata 

  • Exame de toque

  • PSA

  • Urina, sangue, ureia e creatinina

  • Ultrassonografia da região pélvica e próstata

 

Tratamento

O tratamento para a hiperplasia benigna da próstata geralmente é medicamentoso, além de acompanhamento médico regular. Na persistência e agravamento do problema será indicado procedimento cirúrgico de ressecção transuretral de próstata ou adenomectomia cirúrgica.

Esse procedimento é feito por dentro do canal urinário. A RTU de próstata é o procedimento mais realizado, mas atualmente já encontramos outros métodos modernos como a cirurgia robótica, o laser para enucleação e vaporização da próstata bem como outras alternativas cirúrgicas que serão escolhidas de acordo com a indicação e gravidade do estado do paciente. 

 

Medidas que podem evitar problemas de micção ou infecções urinárias

  • Vá ao banheiro assim que surgir a vontade de urinar e esvazie completamente sua bexiga

  • Pratique regularmente exercícios físicos

  • Evite beber muito líquido no período da noite, principalmente cerveja e outras bebidas com efeito diurético, como alguns chás e bebidas à base de cafeína

  • Alguns remédios podem ter como efeito colateral alguns problemas na micção. Consulte o seu médico para saber se pode haver a substituição


 

Venha tratar a Hiperplasia Prostática Benigna na Clínica ANDROS

A Clínica de Urologia ANDROS possui os melhores especialistas em tratamentos para HPB de Brasília. Nossos profissionais são formados nos maiores centros médicos do Brasil e dos Estados Unidos e estão prontos para atendê-los de forma humanizada e diferenciada. Entre em contato conosco hoje mesmo e agende sua consulta!