Blog

Só de ouvir o barulhinho da água saindo do chuveiro, ou de uma torneira aberta, você já sente aquele aperto?

Essa sensação de urgência para ir ao banheiro é um dos sintomas que os pacientes com LUTS podem apresentar.

Vocês sabiam que 40% dos homens e 59% das mulheres acima de 40 anos apresentam algum tipo de LUTS?

Os sintomas do trato urinário inferior (STUI), também conhecidos pela sigla LUTS (do inglês Lower Urinary Tract Symptoms), presente em condições como Bexiga Hiperativa e HPB afeta de forma direta a qualidade de vida de todos que convivem com ela. Insegurança para sair de casa é uma queixa comum dos pacientes.

Mas o que é Bexiga Hiperativa e HPB?

Bexiga Hiperativa é uma síndrome que se caracteriza principalmente pela urgência de ir ao banheiro, tanto durante o dia quanto durante a noite. Sintomas mais comuns da condição:

  • Vontade constante de ir ao banheiro (mais de 8 vezes ao dia)
  • Acordar muitas para vezes para fazer xixi
  • Desejo súbito de urinar, difícil de adiar
  • Perda de xixi

HPB é a sigla para a hiperplasia prostática benigna, que se caracteriza pelo aumento benigno da próstata. Devido ao aumento da próstata, a bexiga do paciente é pressionada, causando vontade frequente ou descontrole para urinar. Sintomas mais comuns da HPB:

  • Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga
  • Fazer força para esvaziar a bexiga
  • Gotejamento (nas roupas íntimas)
  • Xixi fraco ou espalhado.

E por que esses distúrbios merecem atenção?

Apesar do significativo impacto na qualidade de vida, somente 30,6% dos homens e 36,8% das mulheres relatam procurar tratamento!

Quando se trata de Bexiga Hiperativa, 25% das pessoas sofrem com os sintomas. Apenas 35,1% procuram tratamento.

Em relação à HPB, cerca de 50% dos homens com mais de 50 anos vão ter HBP em algum momento da vida. Aos 90 anos, essa condição afeta cerca de 80% deles.

Fonte: Portal da Urologia

Mantenha-se informado

Mais posts

Incontinência urinária em idosos

A incontinência urinária consiste na dificuldade de controlar a urina, podendo se manifestar em qualquer idade. É um problema muito frequente em idosos, afetando cerca