blog-post-image

A má higienização do pênis tem causado diversas amputações por ano

Postado 20/01/2020 por Andros

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), cerca de diversas indivíduos tem o pênis parcial ou totalmente amputado todos os anos. Isso acontece por um motivo bem simples: a falta da higienização adequada da região.

 

A complicação da má higiene do pênis

A sujeira acumulada na glande, sob o prepúcio, favorece o surgimento de patologias como o câncer e infecção pelo vírus papiloma humano (HPV), que podem ser transmitidos através das relações sexuais, favorecendo o surgimento dos cânceres de colo uterino, vulva e ânus. Por isso, é essencial que o homem limpe corretamente a região do pênis usando sabonete e água em abundância, removendo todas as secreções, principalmente as que ficam nas dobras na região do prepúcio.

 

A secagem do pênis

Além da limpeza, a secagem também precisa ser feita com atenção, utilizando uma toalha seca ou papel higiênico para não deixar a região úmida. Segundo especialistas, os próprios pelos pubianos são importantes para manter a saúde dos órgãos masculinos. Podendo ser aparados, o ideal é não removê-los completamente, pois carregam a função natural de manter a umidade da pele e ajudar algumas glândulas na hidratação local.

Além disso, a remoção completa dos pelos pode causar alguns incômodos como a foliculite e abcessos. Cuidados com o pênis Muitos homens acreditam estarem fazendo a higienização adequada do pênis durante o banho. Entretanto, podem estar esquecendo de alguns detalhes.

 

Como higienizar corretamente

A maneira correta de lavar o pênis é puxar o prepúcio (a pele que recobre a glande, também conhecida por cabeça do pênis) até que a glande apareça totalmente. Depois, basta passar bastante água com sabonete sobre a superfície da mucosa, até sair toda e qualquer secreção.

É comum que haja uma secreção gordurosa, de cor branca que acomete a região do prepúcio, mas ela deve ter totalmente retirada durante a lavagem.

 

Isso é essencial

Lavar o pênis após as relações sexuais são imprescindíveis para evitar infecções causadas por fungos, como a candidíase.

A prática também remove resíduos de sêmen e excessos de lubrificante do preservativo. Em casos de dúvidas sobre a saúde do homem, marque uma consulta com um de nossos especialistas.

 

Nós da Clínica Andros somos referência no atendimento urológico em Brasília. Agende agora mesmo uma consulta e mantenha a sua saúde em dia. Temos uma equipe altamente capacitada para melhor atendê-lo.

Clínica Andros | Centro Avançado de Urologia | (61) 3340-7191